Chile Terremoto

- www.globo.com – 0503 2010

Forte terremoto atinge a costa do Chile

Tremor na região costeira de Bio-Bio teve magnitude 6,3.
Energia chegou a ser cortada, mas não há alerta de tsunami.

________________________________________

0503 2010 – www.globo,com

Reprodução / TV Globo

Tsunami atinge Iloca, Chile; veja

_______________________________________________________________

03/03/10 – 11h08 – Atualizado em 03/03/10 – 11h19

Na volta para casa, chilenos encontram voos lotados e indefinição em SP

Passageiros afirmam que têm passagem confirmada para esta quarta.
Empresa criou lista de espera, mas não dará alimentação ou hospedagem.

Débora Miranda

Foto: Débora Miranda/G1

Passageiros que querem voltar ao Chile fazem filas em Cumbica (Foto: Débora Miranda/G1)

No primeiro dia em que os voos comerciais retomaram a rota rumo ao Chile, a situação é de indefinição para os passageiros que tentavam voltar para casa. Os voos em São Paulo, muitos deles vindo do Rio de Janeiro, encontram-se lotados e os passageiros chilenos foram colocados em listas de espera para tentar embarcar.

Às 10h desta quarta-feira (3), dezenas deles aguardavam, em fila, informações sobre quando poderiam viajar. Muitos sem notícias dos familiares há dias, desde que o país foi atingido por um terremoto, no sábado (27), deixando 799 mortos e 2 milhões de desabrigados.


“Viemos de Florianópolis e todos temos passagem confirmada para o voo das 11h40 da Lan Chile. Mas agora nos disseram que o avião está cheio e que não há solução, temos que ficar na lista de espera”, contou o empresário Alvaro Cabrera, 43 anos, que estava acompanhado da família, inclusive de crianças, a menor de apenas 1 ano.

O desespero da engenheira Claudia Dias, de 39 anos, era ainda maior. A sogra, de 85 anos, mora em Concepcion, uma das cidades mais atingidas pelo terremoto. “Sabemos por outras pessoas que todos estão bem, mas até agora não conseguimos falar com ninguém. Ela vive o tempo todo sob os cuidados de enfermeira e passou três dias sem água, luz e gás.”

Ela, que viaja acompanhada do marido e de três crianças, diz que assim que chegar a Santiago vai a Concepcion encontrar os familiares. “Os danos materiais são o de menos. Quero ver minha família. Eles sobrevieram ao terremoto, sei que tudo o que querem agora é nos encontrar”, diz com os olhos cheios de lágrimas.

O supervisor da Lan Chile Mike Siqueira tentava organizar a fila e solucionar o impasse de dezenas de pessoas que aguardavam a liberação para embarcar. “Vamos analisar caso a caso e dar prioridade a idosos, pessoas com crianças ou que tenham parentes em áreas muito afetadas.”

Segundo ele, um outro voo sairia rumo a Santiago ainda nesta quarta, às 16h25, e mais um na quinta-feira pela manhã, às 5h50. “Será uma aeronave grande, acho que conseguiremos acomodar umas 200 pessoas”. No entanto, as pessoas que eventualmente tenham que esperar por mais um dia em terras brasileiras não devem receber da companhia aérea hospedagem nem alimentação. “Estamos disponibilizando algumas facilidades, como um táxi ou a chance de dar um telefonema para os familiares”, disse o supervisor.

_______________________________________________

Voos comerciais entre Brasil e Chile recomeçam

03 de março de 2010  02h06  atualizado às 07h28

Chilenos esperam no aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro Foto: ReutersChilenos esperam no aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro
Foto: Reuters


O trânsito de voos comerciais entre Brasil e Chile recomeçou na madrugada desta quarta-feira. O primeiro voo comercial vindo do Chile após o terremoto de 8,8 graus na escala Richter que atingiu o país, chegou ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, às 1h40 da madrugada desta quarta-feira, segundo a Infraero. A chegada do voo JJ9381 da TAM estava prevista inicialmente para a 1h. A aeronave A320 tem capacidade para 156 passageiros, segundo o site da companhia aérea.

Às 4h36, chegou a Santiago o voo JJ 9378, da TAM, que saiu de São Paulo à 1h. A aeronave A330 tem capacidade para 223 passageiros. Segundo a Infraero, o voo 00782 da companhia aérea LAN, que tinha chegada prevista para as 4h50 no aeroporto de Guarulhos, pousou em São Paulo às 6h17 desta quarta.

Pelo menos mil chilenos que estavam impossibilitados de voltar para casa devem deixar o Brasil, de acordo com a Embaixada do Chile. Eles aguardam desde a última sexta-feira voos com destino a Santiago, que foram suspensos devido aos danos causados pelo terremoto que atingiu parte do país.

Voos charteres com capacidade não confirmada devem sair de Camboriú (SC) entre quarta e quinta-feira. Díaz explicou que os passageiros retidos no Brasil precisam ter paciência e compreender que todos os esforços estão concentrados no atendimento às vítimas do terremoto.

“Os chilenos tem que entender que a prioridade é atender as vítimas da catástrofe, coordenar a ajuda humanitária. A segunda tarefa é ajudar os turistas chilenos a voltar”, afirmou.

A estratégia da embaixada é convencer as companhias aéreas a aumentar o número de voos. O embaixador reconhece o problema da falta de alojamento e de alimentação adequada para quem está retido em aeroportos, mas pede compreensão e solidariedade.

No Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, cerca de 70 chilenos estão alojados desde o fim de semana. Os passageiros receberam mantas das companhias aéreas e doações para comprar comida. O voo da companhia aérea LAN que partiria às 8h foi cancelado.

Tragédia no Chile
Centenas de pessoas morreram após o terremoto de 8,8 graus na escala Richter registrado na madrugada de sábado (27) no Chile. A contagem de corpos passa de 700, e o número de afetados chega a 2 milhões, segundo o governo. A presidente Michelle Bachelet declarou “estado de catástrofe” no país.

O tremor teve epicentro no mar, a 59,4 km de profundidade, na região de Maule, no centro do país e a 300 km ao sul da capital, Santiago. Por isso, foi enviado um alerta de tsunami ao chile, Peru e Equador. Segundo fontes oficiais, o terremoto aconteceu às 3h26 pelo horário local (mesmo horário em Brasília). O número de vítimas mortais e de feridos pode aumentar.

Efeitos do estrago
Os danos materiais do terremoto ainda estão sendo avaliados. O muro de uma prisão veio abaixo com o abalo sísmico, o que causou a fuga de mais de 200 detentos na cidade de Chillán, a 401 quilômetros de Santiago. O aeroporto internacional de Santiago chegou a ser fechado devido a alguns danos em suas instalações, e várias pontes ficaram danificadas. A luz e o serviço de telecomunicações estão cortadas na região metropolitana e em Valparaíso foram registrados danos internos em edifícios. Os bombeiros correm as ruas de Santiago com megafones dando instruções à população.

Em alguns lugares, falta água potável. Pelo menos três hospitais na capital desabaram e na cidade de Concepción, cerca de 400 km ao sul de Santiago, o edifício do governo local desmoronou e pacientes estavam sendo transferidos dos hospitais, segundo rádios chilenas.

Mais forte que no Haiti
O movimento sísmico, muito mais poderoso que o mortífero terremoto que devastou o Haiti em janeiro, também causou pânico no popular balneário de Viña del Mar. De manhã, policiais e bombeiros percorriam as ruas em distintas cidades do país para verificar a magnitude dos danos e socorrer vítimas.

O terremoto ocorreu poucos dias antes de completar 25 anos do sismo que causou centenas de vítimas e destruiu várias localidades no litoral central do Chile, em 3 de março de 1985.

Com informações da Agência Brasil e da Reuters

Redação Terra
________________________________________________________________________

02/03/10 – 02h33 – Atualizado em 02/03/10 – 04h18

Avião com brasileiros resgatados no Chile chega a São Paulo

Aeronave com 30 brasileiros chegou às 2h25 desta terça (2).
Em reunião com a presidente chilena, Lula prometeu ajuda ao país.

Do G1, em São Paulo


O avião reserva da Presidência da República com 30 brasileiros que estavam no Chile e viveram o drama do terremoto que atingiu o país pousou às 2h25 desta terça-feira (2) na Base Aéra de São Paulo, na região metropolitana de São Paulo. No grupo estão mulheres, crianças, idosos e doentes.

Segundo o assessor especial para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, nesta terça ou no máximo amanhã (3), um avião Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) decola para Santiago para trazer outro grupo.

Cobertura completa: terremoto no Chile

Foto: Sérgio Lorena/G1

Avião reserva da Presidência da Republica pousou na Base Áérea de São Paulo às 2h25 desta terça-feira (2), com 30 brasileiros que estavam em Santiago. (Foto: Sérgio Lorena/G1)

Nesta segunda-feira (1º), o presidente Lula deixou a posse do novo presidente uruguaio, José “Pepe” Mujica, para se encontrar com a presidente chilena, Michelle Bachelet, em Santiago. No breve encontro, Lula disse que o Brasil vai ajudar o país vizinho na reconstrução e prometeu trazer de volta os brasileiros que querem deixar o país.

Lula disse ainda que Bachelet pode entrar em contato com ele a qualquer momento para tratar da ajuda ao Chile. “Não tem hora para me chamar no telefone. Pode me chamar na hora que entender”, disse Lula ao lado da presidente chilena.

Bachelet agradeceu a solidariedade do colega brasileiro. “Ele estava no Uruguai para a posse de Mujica e preferiu vir aqui para conversar comigo, trazendo seu afeto e sua solidariedade”, disse Bachelet.

_____________________________________________________________________________

Queda de avião mata seis na região atingida pelo terremoto no Chile

Acidente ocorreu na localidade de Tomé, segundo o governo.
Equipe ia ajudar nos serviços de resgate em Concepción.

Do G1, com agências internacionais


Um avião de pequeno porte que ia rumo à cidade chilena de Concepción caiu por volta das 16h desta segunda-feira (1º) matando todos os seis que estavam a bordo, segundo a Direção Geral de Aviação Civil do país.

Cobertura completa: terremoto no Chile

Presidente Bachelet manda mais 7 mil soldados às regiões afetadas

Leia notícias do G1 no Chile

O acidente ocorreu próximo à localidade de Tomé, a 450 quilômetros ao sul da capital, Santiago. O avião era um modelo Piper PA 31 e havia partido de Santiago às 12h28.

A aeronave levava uma equipe que iria participar dos trabalhos de resgate. Eles iriam inspecionar o estado de albergues para abrigar as vítimas que tiveram casas destruídas pelo tremor e pelos tsunamis que se seguiram a ele.

O piloto era Marcelo Ruiz, e os cinco passageiros eram da Universidade San Sebastián.

Um deles era Pablo Desbordes, ex-presidente da Juventude da ultradireitista União Democrata Independente (UDI) e irmão do futuro subsecretário de Pesquisas, Mario Desbordes.

Na aeronave também viajava Luis Ernesto Videla, genro de Belisario Velasco, ex-ministro do Interior no Governo de Michelle Bachelet e alto dirigente do Partido Democrata-Cristão.

Os outros ocupantes eram Ignacio Fernández, Juan Guillermo Moya e Rodolfo Beck.

_____________________________________________________
www.globo.com

Santiago tem filas e saques em supermercados após terremoto

Situação na periferia é diferente do centro da cidade.
G1 presenciou roubo de mercadorias em mercado de Quilicura.

Giovana SanchezDo G1, em Santiago do Chile


A aparente calma que pode ser vista nas ruas do centro de Santiago do Chile – que têm energia, ônibus circulando e não sofreu grandes estragos – muda bastante quando se toma a rota da periferia da cidade, dois dias após o forte terremoto que abalou o país. Bairros afastados como Pudahuel e Quilicura estão sem energia, concentram entulho e agrupam dezenas de desabrigados acampados em praças.

Mas, em ambos os locais é possível ver tentativas e saques e filas em mercearias e farmácias. Numa volta de cerca de três horas pela cidade na noite deste domingo (28), a reportagem do G1 presenciou um roubo ao supermercado Ekono de Quilicura. As pessoas corriam com sacos de mantimentos nas mãos quando a polícia chegou e bloqueou a rua, gerando confusão e correria.

Na avenida Americo Vespucio, na região de Pudahuel, dois elevados cederam e levaram carros na hora do tremor. Apesar da quantidade de desvios manejada pela polícia, o trânsito está


Foto: Giovana Sanchez/G1

Moradores de Santiago tentam saquear mercado (Foto: Giovana Sanchez/G1)

____________________________________________________________

URGENTE  -  Familias desesperadas sacan alimentos de supermercado lider em Comcepción

_____________________________________________________________

www.estadao.com.br

_____________________________________________________________
www.terra.com.br


TERREMOTO NO CHILE >>

Terremoto de 6,2 graus volta a atingir o Chile

_____________________________________________________________

Chile tem forte tremor secundário; mortos já passam de 300

Agência / Reuters

Com medo, chilenos passam a noite nas ruas

- www.globo.com -

_______________________________________________________

Veja galeria de fotos sobre a catástrofe que atingiu o Chile

www.zerohora.com.br