Invasão em Escola do Rio

  • Veja lista de vítimas do tiroteio em escola de Realengo, no Rio

    12 crianças morreram em ataque na manhã desta quinta-feira (7).
    Atirador se matou após ser alvejado por policial em escola da Zona Oeste.

    A Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil do Rio informou que 12 crianças, 10 meninas e 2 meninos, morreram no ataque a uma escola em Realengo, na Zona Oeste do Rio, na quinta-feira (7). Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, atirou contra alunos em salas de aula, foi atingido por um policial e, segundo a polícia, suicidou-se em seguida. Abaixo, saiba mais sobre as vítimas do atirador:

    Luiza Paula da Silveira, 14 anos
    Luiza Paula da Silveira (Foto: Bernardo Tabak/G1)Luiza Paula da Silveira (Foto: Bernardo Tabak/G1)

    Luiza estava no 8º ano do Ensino Fundamental e sonhava em ser modelo fotográfico. “Ela adorava tirar fotos e colocar no Orkut”, contou a tia dela, Cristiane da Silva Machado Gomes. Luiza era fã de Ivete Sangalo. “Tem uma música da Ivete, que fala em sol, terra, mar, que ela adorava. E essa música dizia: ‘Quando a chuva passar…’ Parece que ela sabia o que ia acontecer, e ela queria deixar essa mensagem. Acho que é essa música que vai ajudar a consolar a gente.”

    A estudante fazia aulas de inglês e adorava ir à academia de ginástica. “Ela estava malhando com a prima, que é minha filha. As duas estavam querendo ficar em forma para o aniversário de 15 anos dessa minha filha”, disse a tia.

    Karine Chagas de Oliveira, 14
    Karine Lorraine Chagas de Oliveira (Foto: G1)Karine Lorraine Chagas de Oliveira (Foto: G1)

    Karine era uma menina muito carinhosa, de acordo com Ana Paula Oliveira dos Santos, tia da estudante. Ela diz que a sobrinha vivia com a avó desde pequena. “Minha mãe está em estado de choque. Ela cria a Karine desde dois anos de idade”, conta.

    A aluna do 8º ano da Escola Municipal Tasso da Silveira tinha acabado de começar a praticar atletismo na Escola Militar, em Sulacap.

    “Ela fazia atletismo em um curso oferecido pela PM. Na seman que vem, ela iria pariticpar de uma prova no Estádio Célio de Barros, no Maracanã”, conta Débora Martins, tia de Karine. “Ela era botafoguense, mas gostava muito do Neymar (jogador do Santos e da seleção brasileira)”, acrescenta. “Para continuar praticando atletismo, ela precisava se esforçar na escola. E estava empolgada, tirando boas notas”, complementou.

    Larissa dos Santos Atanázio, 13
    Larissa dos Santos Atanázio, vítima do atirador em Realengo (Foto: Reprodução)Larissa dos Santos Atanázio (Foto: Reprodução)

    Larissa era uma menina muito brincalhona, simpática e inteligente. Assim Daniele Azevedo define a prima que foi vítima do atirador na escola em Realengo.

    Segundo Daniele, Larissa, que aparece na foto ao lado posando de modelo, estudava na Escola  Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, há dois anos. “Ela gostava muito de ir à aula.”

    Rafael Pereira da Silva, 14
    Rafael Pereira da Silva (Foto: G1)Rafael Pereira da Silva (Foto: G1)

    A foto ao lado mostra a imagem de Rafael em uma camiseta feita em homenagem ao jovem estudante, outra vítima da chacina. O pai, Carlos Mauricio Pinto, se emociona ao lembrar do filho. Rafael era aluno do 9º ano da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo. Ele foi um dos dois meninos mortos pelo atirador. As outras dez vítimas assassinadas eram meninas.

    “Pela quantidade de pessoas que vieram ao enterro, vocês podem ver que ele era muito querido”, disse Wagner Assis da Silva, de 35 anos, irmão de Rafael. “Ele estava tirando o CPF para trabalhar como menor-aprendiz, em uma rede de supermercados. Ele já queria ganhar o dinheirinho dele”, acrescentou. “Ele era mais caseiro, jogava muito no computador e gostava de rock. Ele ouvia muito a banda Linkin Park”, finalizou.

    Samira Pires Ribeiro, 13
    Samira Pires Ribeiro (Foto: Reprodução/Ag. O Globo)Samira P. Ribeiro (Foto: Reprodução/Ag. O Globo)

    Samira havia entrado este ano na Escola Municipal Tasso da Silveira, de acordo com a irmã dela, Valéria Pires.

    A estudante estava no 8º ano e gostava muito de ir às aulas.

    A morte deixou a família muito abalada. “Minha mãe está em estado de choque”, disse Valéria.

    Mariana Rocha de Souza, 12
    Mariana Rocha de Souza (Foto: Reprodução)Mariana Rocha de Souza (Foto: Reprodução)

    A menina Mariana foi uma das vítimas do assassinado na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo.

    “Ela era muito brincalhona, gostava de Restart e Luan Santana. Ela jogava handebol e queimada no colégio e era muito estudiosa”, disse o primo de Mariana, Josimar Nunes, de 12 anos.

    Ana Carolina Pacheco da Silva, 13
    Ana Carolina Pacheco da Silva  (Foto: Reprodução/Ag. O Globo)Ana Carolina P. Silva ( Reprodução/Ag. O Globo)

    Ana Carolina foi a última das vítimas a ter o corpo reconhecido. A família da estudante esteve no IML em busca da menina, mas não a reconheceu entre os corpos.

    A irmã, Ana Paula, disse que ela estava desaparecida desde a manhã de quinta-feira (7) e que iria continuar procurando por ela pelos hospitais da cidade.

    Após a confirmação da morte, a família ficou em estado de choque.

    Bianca Rocha Tavares, 13
    bianca Rocha Tavares (Foto: Reprodução/TV Globo)bianca Rocha Tavares (Foto: Reprodução/TV Globo)

    O sonho dela era ser pediatra. Ela gostava muito de crianças”, disse o tio da menina, Ricardo Goulart.

    Géssica Guedes Pereira, 15
    Géssica Guedes Pereira (Foto: Reprodução/TV Globo)Géssica Guedes Pereira (Reprodução/TV Globo)

    “Ela jogava vôlei no colégio, gostava de estudar e de dançar funk. Era uma boa colega de sala”, disse Camile Nascimento, de 18 anos, irmã de uma colega de turma de Géssica.

    Laryssa Silva Martins, 13
    Laryssa realengo (Foto: Reprodução/TV Globo)Laryssa S. Martins (Foto: Reprodução/TV Globo)

    “A Laryssa era uma menina meiga, tranquila e queria ser marinheira. Ela queria ganhar dinheiro para ajudar o pai, que é aposentado”, contou o padrinho de Laryssa, Gerson da Silva, de 47 anos.

    Milena dos Santos Nascimento, 14
    Milena realengo (Foto: Reprodução/TV Globo)Milena S. Nascimento (Foto: Reprodução/TV Globo)

    “O sonho dela era fazer faculdade e ser modelo”, disse a tia de Milena, Ana Rosa Nascimento.

    Igor Moraes da Silva, 13
    igor realengo (Foto: Reprodução/TV Globo)igor Moraes da Sila (Foto: Reprodução/TV Globo)

    “O sonho dele era ser jogador de futebol”, conta Walmir de Souza Macedo, coordenador da Escolinha de Futebol Roberto Dinamite, onde Igor jogava. “Ele era franzino por causa da idade, mas tinha qualidade, talento. Começou como lateral e já tinha passado para o meio campo”, acrescenta.

    Igor era flamenguista e, em março, foi vice-campeão de um campeonato de futebol realizado no condomínio onde morava. “Ele sempre me fazia companhia para ir ao treino e voltar, pois moro no mesmo condomínio onde ele morava. Para mim vai ser difícil não encontrar mais com ele”, disse Macedo, com a voz embargada. “Na véspera da morte dele, o Igor estava muito feliz, pois a gente tinha acabado de ganhar chuteiras novas na escolinha”, finalizou.

    22:51 Veja lista de vítimas do tiroteio em escola do Rio de Janeiro

  • Assassino disparou ao menos 60 tiros em ataque à escola

    Armas de Wellington foram apresentadas nesta sexta-feira (8).

    últimas notícias
    13 people killed in Brazil school shooting
    Ex-aluno mata 10 a tiros em escola na Zona Oeste do Rio

    iReport —

    Ex-student stormed the building early on Thursday.
    Attack left more than 22 and wounded gunman died.

    Shooter left letter
    According to Police Colonel Djalma Beltrami, Wellington left a letter, he said, withcomplicated inscriptions at the site. He was determined tocommit suicide after the tragedy, “ Beltrami said. The letter washanded over to agents of the homicide division.
    Known for being at school alumnus, he would have received on the grounds that it wouldmake a speech. Police said he used twohandguns, which came to reload several times.

    Secretary of education around the U.S.
    Under Secretary of Education of Municipal, Helena Bomeny is on its way there. On Twitter, the municipal secretary of Education of Rio de Janeiro, Claudia Costin said:I’m catching the first plane home.Clear the lecture today and I will not see my granddaughter.“According to thetwitter of the Department, she is in Washington, USA.

    Font G1.com

    • Pais se desesperam por notícias dos filhos em escola de Realengo

      ATAQUE A ESCOLA

      Pais se desesperam por notícias dos filhos em escola de Realengo

    • 'Foi uma sequencia de uns 20 minutos de tiros', relata morador

      ATAQUE A ESCOLA

      ‘Foi uma sequencia de uns 20 minutos de tiros’, relata morador

    • Homem faz disparos dentro de sala de aula nesta manhã; assista

      ATAQUE A ESCOLA

      Homem faz disparos dentro de sala de aula nesta manhã; assista

    Shooting at school leaves eight dead in the West Zone of Rio de Janeiro

    Tiros em escola deixam 8 mortos na Zona Oeste do RJ

    __________________________________________________________________________________________________________
    Urgent - Shooting at school leaves injured in the West Zone of Rio de Janeiro - Brazil

    Tiroteio em escola deixa feridos na Zona Oeste do Rio

    Primeiras informações da PM são de que um homem invadiu unidade.
    Escola Tasso da Silveira fica em Realengo.

    Policiais do 14º  BPM (Bangu) receberam na manhã desta quinta-feira (7) um chamado de pelo menos um suspeito, que teria invadido a Escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio. As primeiras informações são de que o suspeito efetuou vários disparos.

    De acordo com as primeiras informações do subcomandante do batalhão, major José de Paula, o homem seria o pai de um aluno que entrou atirando na escola. Não se sabe inguém ainda sabe a motivação do tiroteio. O major recebeu informações de que pelo menos dez pessoas estariam feridas. Os feridos estão sendo levados para o Hospital Albert Schweitzer.

    Ainda segundo as primeiras informações dos bombeiros do quartel de Realengo, há funcionários da escola e estudantes entre os feridos.