Plantão Jornal A Notícia (RBS)

Postado em março 10th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Homem morre atropelado em Barra Velha

Outra pessoa atingida por carro foi levada ao hospital em estado grave

Dois homens ainda sem identificação por parte da Polícia Rodoviária Federal foram atropelados às 18h50min de segunda-feira no km 89 da BR-101 em Barra Velha, Litoral Norte de Santa Catarina. Um deles morreu, e o outro foi levado em estado grave para o hospital.

O motorista do Fiat Palio com placas de Balneário Camboriú envolvido no acidente, Ivan Gonçalves, de 29 anos, não se feriu.

DIARIO.COM.BR

______________________________________________

Homem é morto com três tiros em Itajaí

Segundo Polícia Militar, disparos foram feitos por dois homens em uma motocicleta

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar as circunstâncias da morte de Ademir Tavares Ribeiro, 33 anos, em Itajaí, Litoral Norte. Ele morreu ao ser atingido por três tiros, às 2h10min de segunda-feira, no Bairro São Vicente.

Segundo a Polícia Militar, os disparos foram feitos por dois homens que estavam em uma motocicleta. Os dois não foram identificados. O tiros atingiram o tórax, braço e costas da vítima, que foi encontrada morta em um beco do bairro.

JORNAL DE SANTA CATARINA

______________________________________________

Últimas escolas com desabrigados em Blumenau retomam aulas

Sete mil alunos de nove unidades de ensino voltaram para a sala de aula nesta segunda

As nove escolas que ainda estavam ocupadas por desabrigados receberam nesta segunda-feira os cerca de sete mil alunos que esperavam a liberação das salas de aula em Blumenau. As unidades escolares serviram de abrigo para os atingidos das chuvas e deslizamentos de novembro.

O ano letivo começou nesta segunda-feira para estudante das escolas municipais Henrique Alfarth, Vidal Ramos, Pedro II, Almirante Tamandaré, Conselheiro Mafra, Tiradentes e Professora Julia Strzalkowska. Entre as estaduais, retomaram as atividades Hercílio Deeke e Padre José Maurício.

JORNAL DE SANTA CATARINA

______________________________________________

Manchetes dos jornais do Grupo RBS

Zero Hora
Cárcere no gabinete

Diário Gaúcho
Cobrança à mão armada na Corsan

Diário de Santa Maria
EDUCAÇÃO
Na sala de aula do MST

Pioneiro
Mesmo sem dinheiro, Estado promete trevo

Diário Catarinense
Chuva assusta SC

A Notícia
Passe livre a idoso entrará na negociação da tarifa de ônibus

Jornal de Santa Catarina
Morte e medo outra vez

Hora de Santa Catarina
Tem jogador perdendo o sono

AGÊNCIA RBS

______________________________________________

SC pede 40 mil casas ao governo federal

Déficit do Estado é de cerca de 200 mil habitações

O governo de Santa Catarina apresentou nesta segunda-feira, em Brasília, aos ministros Dilma Rousseff (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda) e Marcio Fortes (Cidades) proposta para a construção de 40 mil casas populares. O déficit habitacional do Estado é de cerca de 200 mil habitações.

Integrantes do Estado também participaram da reunião para detalhamento do plano de habitação que o governo federal lança nos próximos dias. De acordo com o secretário de Coordenação e Articulação, Valdir Cobalchini, essas casas serão priorizadas à população com renda até três salários mínimos, mas também serão contemplados projetos para as faixas de três a seis salários mínimos e de seis a dez salários mínimos.

— Quanto menor a renda, maior será o subsídio oferecido pelo governo. Na faixa de zero a três salários mínimos, a contrapartida do mutuário será praticamente simbólica — explicou.

Ainda segundo Cobalchini, os estados que possuírem projetos viáveis e inovadores serão atendidos com prioridade.

— O governo federal quer repassar o dinheiro diretamente para as construtoras, para desburocratizar e agilizar a construção — salientou o secretário, informando que além da construção das casas, a intenção é gerar empregos nos municípios, como alternativa à crise econômica.

Os estados, informou o secretário, poderão formar parcerias com o governo federal oferecendo terrenos, infra-estrutura e isenção fiscal para a aquisição do material de construção.

DIÁRIO CATARINENSE

______________________________________________

Dois motociclistas morrem no Litoral Norte

Acidentes aconteceram entre domingo e segunda-feira

Dois motociclista morreram em acidentes no Litoral Norte entre domingo e esta segunda-feira. Isauro de Jesus Santos Branco, 32 anos, morreu em uma batida com uma bicicleta, por volta das 20h de domingo.

Ele conduzia uma moto pela rua José Francisco Laurindo, no bairro São Domingos, em Navegantes, quando colidiu com um ciclista, cujo nome não foi divulgado pela Polícia Militar. O motociclista morreu na hora, o ciclista e a carona da moto foram hospitalizados.

Na manhã desta segunda-feira, em Penha, Marcos Rogério dos Santos Rodrigues, 19 anos, caiu da moto que pilotava e também morreu, no município de Penha.

JORNAL DE SANTA CATARINA

______________________________________________

Dupla faz dois assaltos no Meio-Oeste

Suspeitos invadiram casa em Herval D’Oeste e loja em Erval Velho

Deve ser encaminhado ao Presídio Regional de Joaçaba na manhã desta terça-feira o suspeito de ter assaltado uma casa em Herval D’Oeste, no Meio-Oeste, na tarde desta segunda.

Por volta das 13h30min, Cleverson Filipini, 18 anos, invadiu uma residência no centro da cidade, anunciou o assalto e, com uma faca, fez ameaças aos proprietário. O suspeito não feriu o homem, mas roubou R$ 1,1 mil. Antes de deixar o local, Filipini chamou um adolescente de 15 anos. Os dois fugiram do local em um táxi, que os levaria a Campos Novos.

A Polícia conseguiu localizar o taxista e solicitou que ele retornasse. O motorista deixou-os em Erval Velho. Nesta cidade, antes de ser apreendida pela Policia Militar, a dupla furtou uma loja. Levados pelos policiais a Herval D’Oeste, Filipini foi preso em flagrante e o adolescente sofreu um ato infracional.

DIÁRIO CATARINENSE

______________________________________________

Previsão é de mais chuva para os próximos dias em Santa Catarina

Chuva deve superar em 50% o volume histórico para março

Chuva forte, como a que caiu no domingo e deixou um rastro de destruição, deve voltar ao Estado nos próximos dias, de acordo com a Central de Meteorologia da RBS.

Um fenômeno conhecido como lestada — vento leste que traz umidade do oceano para o continente — age sobre a região que vai do Litoral até a Serra Catarinense, provocando chuva forte. Segundo a previsão, a chuva deve superar em 50% o volume histórico para março.

Nessa região, o céu fica encoberto durante a terça-feira e deve chover forte em alguns momentos do dia. A área afetada é a mesma atingida pela enchente de novembro de 2008. São previstos desmoronamentos e alagamentos em todo o Litoral, Sul do Estado, Vale do Itajaí e Serra.

No Oeste, deve chover em menor quantidade, com aberturas de sol em alguns momentos da terça-feira.

 

Hospital em Santa Catarina vai receber R$ 1 milhão para reformas após chuva

Unidade ficará 10 dias interditada
O Hospital Santa Inês, em Balneário Camboriú, Litoral Norte de Santa Catarina, vai receber R$ 1 milhão para obras de recuperação após ter ficado totalmente interditado por conta da chuva de domingo, 8 de março. Barro e pedras desmoronaram de uma encosta nos fundos da unidade e invadiram a todas as alas, com exceção da UTI Neonatal.

Com a interdição, Balneário Camboriú ficará sem hospital com atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) durante os próximos 10 dias, no mínimo, estima a rede de saúde.

O repasse será autorizado na terça-feira pelo governo do Estado. Os recursos também poderão ser usados na compra e reforma de equipamentos danificados pela enxurrada. O prefeito de Balneário Camboriú, Edson Renato Dias, declarou na segunda-feira que a unidade teve as estruturas de sustentação abaladas pelos sucessivos deslizamentos de terra.

UTI Neonatal continuará funcionando

Apenas a UTI Neonatal, que mantém oito bebês internados, continuará funcionando até a alta dos recém-nascidos. A emergência na saúde pública da cidade obrigou a prefeitura e o corpo clínico do Hospital Santa Inês a montar na segunda-feira um Pronto Atendimento 24 horas na Unidade de Saúde Central, localizada na Rua 1500, esquina com a Terceira Avenida.

De acordo com o interventor do município que gere o hospital, Heroni Foresti, a unidade 24 horas terá dois médicos de plantão e uma UTI móvel à disposição, mas será destinada apenas ao atendimento de moradores de Balneário Camboriú. Segundo Foresti, o local e os equipamentos não comportam um Pronto Socorro regional, a exemplo do atendimento feito pelo Hospital Santa Inês.

— Atenderemos casos ambulatoriais e até os mais graves de urgência e emergência. Os que demandarem internação serão encaminhados de ambulância, após o atendimento emergencial, para hospitais da região — explicou o interventor. Foresti relatou que, no prédio do Hospital Santa Inês, apenas procedimentos de limpeza podem ser realizados no momento.

DIARIO.COM.BR

______________________________________________

Aumenta o número de pessoas que deixaram suas casas em Santa Catarina por conta da chuva

Em Bocaina do Sul, 100 pessoas ficaram desalojadas após chuva de granizo no domingo

O número de pessoas que tiveram que deixar suas casas por conta da chuva aumentou para 467 em Santa Catarina.

No final da tarde desta segunda-feira a Defesa Civil recebeu a informação de que em Bocaina do Sul, Planalto Serrano, 100 pessoas ficaram desalojadas (saíram de suas residências para se hospedar nas casas de parentes) após uma chuva de granizo no domingo. Os desalojados somaram-se aos 261 já confirmados pela Defesa Civil.

O número de desabrigados (pessoas que deixaram suas casas para se instalar em abrigos) se manteve em 106. Duas mortes foram confirmadas em Itajaí. Bernadete Búrigo, de 34 anos, e seu filho, Matheus Thomás, de sete anos, foram arrastados pela água quando cruzavam uma ponte de carro.

Dois tornados foram registrados em Santa Catarina, um em Turvo, no Sul do Estado, e outro em Ponte Alta, na Serra catarinense.

Porto Belo, no Litoral Norte, também teve enxurradas e inundações no domingo. Quatro bairros foram atingidos e 50 casas ficaram danificadas.

De acordo com o diretor da Defesa Civil Estadual, major Márcio Luiz Alves, o alerta será mantido até quarta-feira devido à previsão de chuva intensa, entre o Planalto e o Litoral Catarinenses. Há riscos de alagamentos e deslizamentos.

DIARIO.COM.BR

______________________________________________

Jaraguá do Sul entra no mundo do cinema

Pela primeira vez serão publicados roteiros na cidade

Uma iniciativa inédita na cultura jaraguaense apresenta seus primeiros frutos. Ocorre, na noite desta terça, a partir das 20 horas, no teatro do Sesc, o lançamento do livro “Jaraguá em Curtas — Roteiros Selecionados 2008″.

Os textos que compõem o livro foram escritos pelos participantes das oficinas de roteiro realizadas dentro do projeto “Jaraguá em Curtas”, no ano passado. São sete roteiros de curta-metragens totalmente desenvolvidos pelos alunos das oficinas. É a primeira vez que se publicam roteiros na cidade.

Para Carlos Schroeder, um dos idealizadores do projeto ao lado de Gilmar Moretti, a intenção é fazer com que a arte audiovisual siga os mesmos passos que a literatura seguiu na região.

— Hoje nós temos um mercado literário que pode andar com suas próprias pernas, com um bom número de escritores e leitores. Pretendemos fazer o mesmo com o audiovisual — diz.

Os sete roteiros publicados no livro serão filmados este ano, na continuação do projeto “Jaraguá em Curtas”. Quem participar da segunda etapa do projeto, neste ano, também terá a oportunidade de gravar o material. O objetivo dos idealizadores do projeto é que os alunos acompanhem todas as fases de produção de uma obra audiovisual.

Além disso, querem mostrar que o cinema é uma arte coletiva e não uma iniciativa individual. Para isso, quem se inscrever no curso vai receber aulas específicas sobre figurino, fotografia, cenário e direção antes de partir para a captação das imagens, o trabalho prático propriamente dito.

— O importante é que o pessoal vai aprender botando a mão na massa mesmo. Os professores vão apenas monitorar a produção dos filmes — diz Carlos Schroeder.

Os curtas serão filmados em formato digital, com câmeras Mini-DV e editados no software Final Cut.

— São produções de baixíssimo orçamento, até porque queremos mostrar que a arte não pode ser só voltada para o dinheiro — conta Carlos.

AN.COM.BR

______________________________________________

Defesa Civil interdita casas em Camboriú

Residências ameaçam desabar no bairro Cedro

Na manhã desta segunda-feira, três casas que ameaçavam desabar, por conta da forte chuva de domingo, foram interditadas pela Defesa Civil de Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina.

A água destruiu a fundação das casas e derrubou muros.

— Como a previsão é de mais chuvas para a noite de segunda-feira, estamos pedindo aos moradores que residem em áreas de risco que deixem suas casas para evitar uma possível tragédia — alertou a Coordenadora da Defesa Civil do Município, Carla Rosana Krug.

De acordo com a Defesa Civil, a maré alta dificulta o escoamento da água da chuva nos rios e piora os efeitos da enchente.

— Pedimos também aos moradores para que afastem e protejam seus móveis, retirando objetos de valor de suas casas e, se necessário, dirijam-se ao abrigo municipal que está funcionando no Ginásio Irineu Bornhausen, no Centro — concluiu a coordenadora.

DIARIO.COM.BR

______________________________________________

Prefeito de Itajaí recebe alta de hospital

Jandir Bellini (PP) se submeteu a uma cirurgia para retirada de nódulos da próstata

O prefeito de Itajaí, Jandir Bellini (PP), recebeu alta neste domingo do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. O prefeito foi internado para fazer uma cirurgia de retirada de nódulos da próstata.

De acordo com nota oficial divulgada pela prefeitura, Bellini voltou ainda no domingo para Itajaí. Segundo os médicos, seu quadro clínico é considerado ótimo.

O problema de saúde foi diagnosticado em dezembro, durante exames de rotina em Itajaí. Por orientação de seu médico, o prefeito procurou um especialista em Porto Alegre para fazer uma avaliação e recebeu a recomendação de se submeter a uma cirurgia.

Nesta segunda-feira, o prefeito despachou com a vice-prefeita Dalva Maria Rhenius, que responde pelo expediente da prefeitura durante o período em que ele estiver em recuperação.

DIARIO.COM.BR

______________________________________________

 

Mãe e filho morrem por causa de enxurrada em SC

Carro em que estavam as vítimas foi arrastado pela chuva em Itajaí
Mãe e filho morreram em decorrência da chuva forte que caiu no domingo em Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina. De acordo com a Defesa Civil, Bernadete Búrigo, de 34 anos e Mateus Tomás, de sete anos, passavam de carro por uma ponte no bairro Brilhante 2, quando foram arrastados por uma enxurrada, provocada pelo rompimento de uma barragem.

Mãe e filho ocupavam o automóvel conduzido pelo pai do garoto e esposo de Bernadete, Alício Tomás, quando a família foi surpreendida pelo primeiro grande volume de água e entulhos. Assustados e ainda sobre a estreita ponte do ribeirão, os três conseguiram subir no teto do carro, invadido pela água, e alertaram vizinhos que tentavam lançar uma corda para o socorro. Em poucos minutos, porém, uma segunda enxurrada atingiu o veículo, que capotou.

Os três caíram na água, mas apenas Alício conseguiu se salvar.

— Conseguimos sair do carro, mas a água veio de novo e me derrubou. Aí ninguém mais se viu — contou o cortador de lenha, durante o enterro da mulher e do filho, na tarde desta segunda-feira.

A morte de Bernadete e Mateus aconteceu no bairro onde a família morava e causou grande comoção nos vizinhos, que tiveram as casas alagadas durante a enxurrada no ribeirão. O sepultamento aconteceu às 17h, no cemitério da Capela Santo Antônio, no Bairro Brilhante 2. Bernadete deixa mais duas filhas.

DIARIO.COM.BR

______________________________________________
Dezesseis municípios registram problemas com a chuva em Santa Catarina

No total, 367 pessoas precisaram deixar suas casas no Estado
Pelo menos 16 municípios já registraram problemas provocados pelos temporais, vendavais e quedas de granizo que atingiram o Estado neste domingo.

Nesta segunda-feira, o município de Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí, comunicou à Defesa Civil do Estado que duas pontes no município cederam devido ao temporal. Não há registro de desabrigados e desalojados na cidade.

No total, 367 pessoas tiveram que deixar suas casas no Estado. A maior parte dos atingidos vive em Camboriú, no Litoral Norte, onde há 40 pessoas em abrigos públicos e 205 desalojadas (em casas de outras pessoas).

Em Ponte Alta, na Serra, município atingido por um tornado, há 20 desalojados e 60 desabrigados. Em Brusque, no Vale do Itajaí, são 20 desabrigados. Na Capital, 16 pessoas foram desalojadas e seis desabrigadas. Equipes da Defesa Civil estão nos municípios atingidos para auxiliar no levantamento dos estragos.

Ponte Alta

A prefeitura de Ponte Alta já decretou situação de emergência. Cerca de 500 residências, além de prédios públicos, escolas e igrejas, foram danificadas durante a passagem de um tornado, que também prejudicou o abastecimento de água e luz. As aulas foram suspensas nas quatro escolas municipais. Houve o registro de destelhamentos e queda de árvores em diversos pontos do município.

Um posto de saúde foi alagado e equipamentos médicos e eletrônicos foram danificados. No hospital da Fundação Médico Social Rural de Ponte Alta, o único da cidade, o atendimento foi retomado nas primeiras horas desta segunda-feira. Os 56 leitos da unidade foram atingidos pela chuva e seis pacientes tiveram que ser liberados devido ao risco que corriam dentro do hospital no domingo.

Duas pessoas ficaram feridas ao serem atingidas por destroços da cobertura de um galpão no qual trabalhavam, mas foram atendidas por médicos e passam bem.

Segundo informações preliminares, a situação é mais complicada na área rural do município, onde lavouras inteiras foram destruídas por alagamentos. As culturas de grãos e hortifrutigranjeiros, responsáveis por 70% da economia da cidade, foram prejudicadas.

Vale do Itajaí

Em Brusque, no Vale do Itajaí, foram registrados alagamentos e deslizamentos de terra em vários pontos do município. Parte das principais rodovias de acesso aos bairros da cidade foram interrompidas ou tiveram o tráfego prejudicado por alagamentos.

Em Balneário Camboriú, várias ruas foram alagadas. O Hospital Santa Inês foi totalmente interditado na noite de domingo, depois que barro e pedras desmoronaram de uma encosta nos fundos da unidade e invadiram o prédio. Devido ao risco de novos deslizamentos e de contaminação, pacientes estão sendo transferidos para outras instituições de saúde ou liberados, de acordo com a avaliação dos médicos. Desde a noite de domingo, funcionários trabalham na limpeza do hospital.

Em Ituporanga, um temporal destelhou casas e derrubou árvores na manhã de domingo. O vento provocou a queda de postes nos bairros Jardim América e Santo Antônio, interrompendo o abastecimento de energia elétrica até o início da noite. No Jardim América, casas e ruas foram alagadas.

A SC-302, entre Ituporanga e Rio do Sul, ficou parcialmente interditada por quatro horas devido à queda de árvores na pista.

Em Guabiruba, ruas foram alagadas.

Em Camboriú, mais de 200 pessoas ficaram desalojadas devido a alagamentos e foram levadas ao Colégio Municipal Ivone Terezinha Garcia, no bairro Santa Regina. As aulas foram suspensas na rede municipal de ensino nesta segunda-feira por causa dos estragos nos prédios das escolas. Apesar da suspensão, as escolas e creches continuam a receber alunos de pais que não têm onde deixar seus filhos para poder trabalhar.

Em Itajaí, a ligação entre o município e Balneário Camboriú ficou comprometida até o início da noite de domingo por causa de alagamentos e deslizamentos de terra. Uma rua no bairro Cabeçudas foi interditada devido ao risco do desmoronamento. Ruas ficaram alagadas no bairro Ariribá.

Sul

Dez bairros de Criciúma tiveram pontos alagados depois da forte chuva na tarde de domingo. As pessoas que estavam em um shopping tiveram que ser retiradas às pressas do local. O vento e a chuva forte arrancaram parte do telhado. A Secretaria Municipal de Educação determinou a suspensão das aulas na Escola Moacyr de Menezes porque uma árvore caiu sobre o colégio, que também foi parcialmente destelhado. Uma equipe da prefeitura deu início à recuperação do prédio e ainda não há previsão para o retorno das aulas para os 145 estudantes.

As cidades de Turvo, Ermo, Timbé do Sul, Morro Grande e Meleiro ainda apuram os prejuízos com a chuva. Cerca de 40 mil pessoas ficaram sem energia elétrica no domingo. A hipótese de que dois tornados tenham atingido a região está sendo estudada.

Turvo foi uma das cidades mais atingidas, com danos principalmente nos bairros Boa Vistinha, Itoupava II e Poço da Lontra. Lavouras de milho e arroz e cerca de 30 casas foram danificadas. O vento arrancou árvores e trinta postes da rede de energia elétrica foram derrubados. Algumas localidades continuam sem energia.

Além disso, um aviário desabou e, dos 14 mil frangos, cerca de 70% morreram. O proprietário estima um prejuízo de R$ 200 mil.

Turvo já está em situação de emergência por causa da enchente que atingiu a região em janeiro. O prazo de validade do decreto poderá ser prorrogado por mais 90 dias.

A cidade de Praia Grande, no Extremo-Sul, também foi atingida pela chuva. Segundo a Defesa Civil, ainda estão sendo levantados quais foram os locais afetados na cidade.

Florianópolis

Em Florianópolis, a forte chuva deixou ruas e casas alagadas, principalmente nos bairros Rio Vermelho, Vargem Pequena, Ingleses e Vargem do Bom Jesus, no Norte da Ilha.

Defesa Civil continua em alerta

A Defesa Civil continua em alerta nos próximos dias devido à previsão de chuva intensa, principalmente entre a Serra e o Litoral.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199, ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193.

 

DIARIO.COM.BR E RBS TV

______________________________________________

Menina cega, de Jaraguá do Sul, começa curso de inglês e diz que é viciada em leitura
Jéssica Pereira está feliz com a oportunidade de conhecimento
Jéssica Pereira, de Jaraguá do Sul, é cega. Mas Jéssica Pereira, com 16 anos de idade, tem extremamente claros seus objetivos.

— Eu quero ser bióloga e veterinária de animais selvagens — diz a menina, sem hesitar.

Como todas as pessoas que têm no estudo um objetivo de vida, Jéssica é viciada em leitura. Ela provavelmente já devorou todos os livros transcritos para o Braile, forma de leitura através do tato, existentes em Jaraguá. Ela também já comprou livros falados, mas garante que não é a mesma coisa do que ler por si só.

— Quando a gente lê sozinho a mensagem é mais fácil de ser fixada. Nos livros falados é fácil de perder a concentração — diz Jéssica.

Os pais são testemunhas do prazer que ela tem na literatura.

— Ela adora, quando pega um livro novo não consegue parar até que não termine de ler todo — diz a mãe, Lucene de Assis, que também é viciada na leitura.

As duas mulheres da casa conseguiram fazer com que o pai, Leopoldo Pereira, também adquirisse gosto pela leitura. Este ano, Jéssica deu mais um passo importante para buscar sua independência e alcançar seus objetivos. Ela começou um curso de inglês. Isso só foi possível porque uma das escolas especializadas em línguas de Jaraguá tem material didático em braile.

— Eu sei que é importante falar mais de uma língua, por isso eu quis fazer o curso — diz Jéssica.

Para a professora, Sandra Ludero, ela é uma das melhores alunas da sala, até mesmo mais dedicada que seus colegas. O dono da escola, Luiz Rogério Povoas, também está empolgado com a presença da nova aluna.

— Nós tínhamos os livros guardados, só esperando que alguém como a Jéssica viesse aqui para usá-los — diz.

Feliz com as aulas e com a oportunidade de adquirir mais conhecimento, Jéssica só gostaria que existissem mais livros em braile na cidade. Com certeza eles teriam leitura, muita leitura.

AN.COM.BR

______________________________________________
Metropolitano já pensa no Figueirense
Verdão venceu o lanterna Atlético-Tu neste domingo
Após vencer o lanterna Atlético, de Tubarão, no Sesi, os jogadores do Metropolitano começaram a pensar no jogo contra o Figueirense, quarta-feira, às 21h45min. Será o quinto degrau da escada imaginária do returno e o Verdão, mesmo em Florianópolis, não quer saber de estacionar. A torcida já prometeu invadir a Capital.

— Vamos dormir pensando no Figueira — disse Acerola.

Lio Evaristo terá uma boa dor de cabeça, com o retorno do volante Marcos Alexandre, que cumpriu suspensão, e do meia Edimar, poupado devido à gripe. No entanto, adiou a preocupação.

— Hoje vou curtir essa alegria. A partir de amanhã (segunda-feira) cedo, nosso pensamento passa a ser o Figueirense — disse

 

JORNAL DE SANTA CATARINA

______________________________________________

Grupo Uniasselvi comemora 10 anos de fundação

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |
 segunda-feira, 9 de março de 2009
 Fonte: Rádio Araguaia 970AM
O Centro Universário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI) realizou dois grandes eventos, em Indaial. No sábado, dia 28 de fevereiro, convidados participaram de uma cerimônia comemorativa, no Teatro Da Vinci. A família Tafner, criadora e administradora do Grupo UNIASSELVI, recebeu cumprimentos pelos 10 anos da instituição – principalmente o seu idealizador, Professor José Tafner, chanceler da UNIASSELVI. Na ocasião foram homenageados – com títulos honoríficos – colaboradores e professores que estão há 10 anos na casa. A cerimônia contou ainda com a apresentação musical da Cia. Filarmônica de São Paulo, que interpretou o prestigiado show “The Beatle’s Songs”. Um coquetel encerrou a noite. No domingo, dia 1º de março, a Cia. Filarmônica de São Paulo fez seu show na praça da Prefeitura de Indaial. “O show foi um presente do Grupo UNIASSELVI para a comunidade desta cidade e região que tão bem acolheram a instituição”, destacou o reitor da UNIASSELVI, Professor Malcon Anderson Tafner. Mais de 1.500 pessoas assistiram à apresentação. Enquanto os pais relembravam as canções dos Beatles, as crianças se divertiam em brinquedos supervisionados. O evento para a cidade contou com o apoio da Prefeitura de Indaial. A programação alusiva aos 10 anos continua ao longo de 2009. A exposição fotográfica “UNIASSELVI 10 anos”, que foi aberta no dia 28 de fevereiro, cumprirá roteiro em locais de grande circulação na região do Vale do Itajaí e nas unidades do Grupo UNIASSELVI. Atividades para acadêmicos e egressos e shows estão programados.
________________________________________________________

Chuva causa vários alagamentos pela cidade

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

O domingo (8) foi de muita apreensão e prejuízos em Brusque.

Choveu forte durante parte da tarde e da noite. Diversos bairros sofreram com alagamentos de casas e empresas. O trânsito ficou parado em diferentes pontos, sem a ocorrência de acidentes. A parada dos automóveis, de todos os tamanhos e classes, foi causada pelos muitos pontos que continham grande quantidade de água nas pistas.

Em muitos bairros a situação foi de desespero. Casa e empresas foram invadidas pela lama, obrigando que famílias, empresários e funcionários fizessem de tudo para evitar maiores prejuízos. Foi o caso do Nova Brasília, onde a água da chuva desceu facilmente dos morros pelados e invadiram ruas e residências, causando pânico e medo entre a comunidade.

O mesmo aconteceu no Poço Fundo, onde casas que nunca haviam sido atingidas por cheias acabaram sendo invadidas por muita água e lama, trazendo prejuízo nunca antes imaginado pelos moradores. Na rua João XXIII, no bairro Águas Claras, a queda de muros causada pela força das águas acabou deixando casas inteiramente submersas, com prejuízo total para os moradores.

Na Limeira Baixa, a situação permanece crítica ainda hoje (9) pela manhã. Mais de 30 casas ficaram ilhadas por horas, obrigando muitos moradores a buscarem ajuda. Muitos pontilhões e pontes foram derrubadas ou danificadas por uma forte correnteza, isolando famílias e impedindo o acesso de muitas pessoas a suas residências ou a empresas que trabalham em três turnos.

Novamente no bairro Águas Claras, os veículos ficaram parados por longo tempo em pontos distintos, assim como na avenida 1º de Maio, onde o acúmulo de água sobre a pista impediu a passagem em ambos sentidos

______________________________________________________

Rádio Cidade – Brusque SC

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |



Desolação total na rua João XXIII


Olhares de decepção e lágrimas de tristeza. Estas são cenas estampadas nas faces de grande parte dos moradores da rua João XXIII, bairro 1º de Maio. Lama e mais lama é o que eles encontraram hoje (9) pela manhã, quando acordaram. Isso os que conseguiram dormir.

A chuva que desabou sobre Brusque no final da tarde de ontem (8) novamente deixou marcas naquela localidade. O barro, oriundo de um terreno que está com escavação em andamento para abertura de um loteamento, desceu no sentido da rua Florianópolis.

Praticamente todas as residências situadas entre o Lar Menino Deus e o colégio João XXIII, e que ficam às margens da via, foram afetadas. Uma comerciante teve todo o estoque de sua loja tomado pela lama. As portas do estabelecimento foram arrancadas com a força da lama, que chegou de surpresa durante a noite.

Logo que os primeiros raios do dia surgiram, uma equipe da secretaria de Obras já se encontrava na região para fazer a limpeza. A lama acumulada atingiu quase um metro de altura em alguns pontos.

____________________________________________________

Mãe e filho arrastados pela água no Brilhante II

O automóvel Fiesta que era conduzido pelo autônomo Alicio Tomaz pela estrada geral do Brilhante II, em Itajaí, foi arrastado pela correnteza no início da noite deste domingo (8). O condutor conseguiu sair do veículo antes de submergir, mas a  esposa, a costureira Bernandete Búrigo (34), e o filho do casal, Matheus Tomaz (7), morreram afogados.

Bombeiros de Itajaí iniciaram as buscas cerca de meia hora depois do ocorrido e localizou os dois corpos ainda na noite de ontem. Após a autopsia no IML de Itajaí, os corpos foram liberados pouco depois de 8 horas da manhã desta segunda-feira (9).

A Defesa Civil de Itajaí ainda não confirmou se a enxurrada que invadiu repentinamente a estrada aconteceu em decorrência do rompimento de uma lagoa nas proximidades, como chegou a ser apontado por moradores das redondezas.

____________________________________________________

O caos se instalou na rua Florianópolis

Moradores e comerciantes da rua Florianópolis, no bairro 1º de Maio, foram surpreendidos pela chuva de domingo (8). A lama descia dos morros com muita intensidade. Muitas famílias e comerciantes que nunca haviam sido atingidos por enxurradas e lama, acabaram sofrendo sérios danos em suas residências e negócios.

____________________________________________________

Chuva causa alagamentos pela cidade

O domingo (8) foi de muita apreensão e prejuízos em Brusque. Choveu forte durante parte da tarde e da noite. Diversos bairros sofreram com alagamentos de casas e empresas. O trânsito ficou parado em diferentes pontos, sem a ocorrência de acidentes. A parada dos automóveis, de todos os tamanhos e classes, foi causada pelos muitos pontos que continham grande quantidade de água nas pistas.

Em muitos bairros a situação foi de desespero. Casa e empresas foram invadidas pela lama, obrigando que famílias, empresários e funcionários fizessem de tudo para evitar maiores prejuízos. Foi o caso do Nova Brasília, onde a água da chuva desceu facilmente dos morros pelados e invadiram ruas e residências, causando pânico e medo entre a comunidade.

O mesmo aconteceu no Poço Fundo, onde casas que nunca haviam sido atingidas por cheias acabaram sendo invadidas por muita água e lama, trazendo prejuízo nunca antes imaginado pelos moradores. Na rua João XXIII, no bairro Águas Claras, a queda de muros causada pela força das águas acabou deixando casas inteiramente submersas, com prejuízo total para os moradores.

Na Limeira Baixa, a situação permanece crítica ainda hoje (9) pela manhã. Mais de 30 casas ficaram ilhadas por horas, obrigando muitos moradores a buscarem ajuda. Muitos pontilhões e pontes foram derrubadas ou danificadas por uma forte correnteza, isolando famílias e impedindo o acesso de muitas pessoas a suas residências ou a empresas que trabalham em três turnos.

Novamente no bairro Águas Claras, os veículos ficaram parados por longo tempo em pontos distintos, assim como na avenida 1º de Maio, onde o acúmulo de água sobre a pista impediu a passagem em ambos sentidos.


____________________________________________________

Rua no Santa Terezinha alaga mais uma vez

Os moradores e comerciantes da rua George Boettger, no bairro Santa Terezinha, continua sofrendo com alagamentos e muita lama a cada chuvarada. Foi o que aconteceu na tarde deste domingo (8), quando a cidade foi atingida por uma forte e intensa chuva. A Escola Estadual Santa Terezinha, que deverá dar lugar a uma nova construção para os seus mais de 1.400 alunos, pode amanhecer sem aula se a água voltar a invadir seus corredores e salas.

____________________________________________________

Defesa Civil alerta para chuva intensa

A Defesa Civil Estadual alerta para chuvas intensas e contínuas entre segunda (9) e quarta-feira (11), com risco de alagamento no Litoral catarinense. Até terça (10), de acordo com a Epagri/Ciram, a umidade vindado oceano aumentará por causa de ventos predominantes de Leste, desde alto-mar até a costa catarinense.

Esse fenômeno é conhecido como Lestada.  Com isso, a previsão é de tempo fechado, com chuva no Leste do Estado, de forma mais persistente no Litoral, com intensidade moderada a forte, além de rajadas de vento.

Nas demais regiões do estado, presença de nebulosidade com aberturas de sol e condições de pancadas isoladas de chuva com trovoadas. Na quarta-feira, o dia começará com tempo instável do Litoral ao Planalto, com muitas nuvens e chuva, melhorando entre a tarde e noite.

Segundo o diretor da Defesa Civil Estadual, major Márcio Luiz Alves, o alerta é devido à previsão de mau tempo e objetiva prevenir à população, para evitar possíveis danos e/ou prejuízos. Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193.

A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão para qualquer necessidade. O telefone para contato é o 48 32440600.

Rádio Cidade – Brusque SC

____________________________________________________

E a rua Lili Bruns?

Chuveu? Pode estar certo de que a rua Lili Bruns, no bairro Nova Brasília, está que é pura lama. O ‘loteamento’ que foi feito em uma encosta segue mandando lama para a rua e para as casas e empresas. Não há solução a curto prazo, se o local continuar desmatado.

Rádio Cidade – Brusque SC

____________________________________________________

Muro ameaça desabar em escola de São José

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Estrutura cedeu depois da chuva de novembro de 2008 e ainda não foi recuperada

A Gerência Regional de Educação da Grande Florianópolis informou, nesta segunda-feira, que vai encaminhar um engenheiro para avaliar o risco de desabamento de um muro da Escola Estadual Professor Joaquim Santiago, em São José.

A estrutura ameaça desabar desde novembro de 2008, quando cedeu devido ao grande volume de chuva registrado no período. Aproximadamente 600 alunos dos ensinos Fundamental e Médio frequentam a escola, no bairro Colônia Santana, nos três turnos.

De acordo com a direção do colégio, desde que o surgimento do problema, foram encaminhadas três solicitações de recuperação da estrutura à Secretaria Estadual de Educação.

Na tentativa de aproximar que alunos se aproximem da estrutura, a área foi isolada provisoriamente com fitas plásticas pela diretoria.

A iniciativa, porém, não impede que as crianças tenham acesso à área de risco, próxima a um campo de futebol, frequentado por alunos durante o intervalo das aulas.

RBSTV

_____________________________________________________

Prefeitura de Camboriú suspende as aulas na rede municipal por causa dos estragos da chuva

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Secretaria de Educação recupera prédios atingidos pelo temporal no domingo

As aulas foram suspensas na rede municipal de ensino de Camboriú, no Litoral Norte, nesta segunda-feira. A determinação da Secretaria de Educação ocorre devido aos estragos causados pela chuva forte do fim de semana nos prédios das escolas.

Apesar da suspensão, as escolas e creches continuam a receber alunos de pais que não têm onde deixar seus filhos para poder trabalhar.

Pelo menos 100 pessoas foram desalojadas devido a alagamentos no município. Algumas delas foram levadas ao colégio Ivone Terezinha Garcia, bairro Santa Regina. Mais informações pelo telefone (47) 3365-0020.

www.diario.com.br

_____________________________________________________

Temporais deixam 367 pessoas sem casa em SC

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Município de Ponte Alta decretou situação de emergência devido à passagem de tornado

A Defesa Civil de Santa Catarina divulgou na manhã desta segunda-feira o número parcial de pessoas desabrigadas ou desalojadas devido aos estragos provocados pela chuva de domingo.

Ao todo, 367 pessoas tiveram que deixar suas casas nas diferentes regiões do Estado. A maior parte dos atingidos vive em Camboriú, no Litoral Norte, onde há 40 pessoas desabrigadas (levadas para abrigos públicos) e 205 desalojadas (em casas de outras pessoas).

Em Ponte Alta, município catarinense atingido por um tornado, há 20 desalojados e 60 desabrigados. Em Brusque, no Vale do Itajaí, são 20 desabrigados.

Na Capital, 16 pessoas foram desalojadas e seis desabrigadas depois que o mau tempo provocou alagamentos em ruas e casas nos bairros Canasvieiras, Rio Vermelho, Vargem Pequena, Ingleses e Vargem do Bom Jesus.

A Defesa Civil deve divulgar o número total de pessoas desabrigadas ou desalojadas nos próximos dias. Equipes do órgão se dirigem aos municípios atingidos para auxiliar no levantamento dos estragos.

A Defesa Civil está em alerta devido à previsão de chuva intensa em todas as regiões nos próximos dias. Há risco de novos alagamentos e deslizamentos, principalmente no Litoral e Vale do Itajaí.

O telefone para emergências é o 199 ou pelo Corpo de Bombeiros, no 193. A Defesa Civil atende 24 horas no (48) 3244-0600.

www.diario.com.br (RBS)

________________________________________________________

Escola de Criciúma suspende aulas por causa dos estragos do temporal

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Escola Moacyr de Menezes foi parcialmente destelhada e atingida por árvore que caiu

Devido aos estragos provocados pela forte chuva que caiu durante o domingo em Criciúma, a Secretaria Municipal de Educação determinou a suspensão das aulas na Escola Moacyr de Menezes nesta segunda-feira.

Uma árvore caiu sobre o colégio, que também foi parcialmente destelhado. Equipe da prefeitura deu início à recuperação do prédio nas primeiras horas do dia. Ainda não há previsão para o retorno das aulas para os 145 alunos que estudam na escola.

www.diario.com.br  (RBS)

________________________________________________________

BR-101 Sul será bloqueada por 2 horas nesta terça

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Trânsito será interrompido das 12h às 14h no km 328,5 em Capivari de Baixo

A BR-101 será interditada nesta terça-feira das 12h às 14h em Capivari de Baixo, no Sul, para detonação de rochas. A pista será fechada no km 328,5.

A interdição será feita perto da Usina Termelétrica Jorge Lacerda, como parte das obras de duplicação. O tráfego será monitorado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O serviço será cancelado no caso de mau tempo. Uma nova interdição, no mesmo horário, está programada para a quinta-feira, dia 12, no mesmo trecho.

Números

Dos 248,5 quilômetros de extensão do trecho Sul da BR-101 entre Palhoça e Passo de Torres, na divisa com o Rio Grande do Sul, 97 já foram duplicados e estão liberados ao tráfego. O custo da obra é de R$ 1,4 milhão

www.diario.com.br  (RBS)

________________________________________________________

Tráfego volta ao normal na BR-101 em SC

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Trecho por Balneário Camboriú tinha pontos em meia pista devido a deslizamentos de terra

O tráfego foi normalizado no trecho Norte da BR-101 em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, no início da manhã desta segunda-feira.

O trânsito estava em meia pista em pontos do trecho pelo Morro dos Cavalos, onde houve a queda de barreiras provocada pela forte chuva que caiu na região no domingo.

Pela manhã, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o tráfego ficou prejuicado por alguns instantes no trecho entre o município e Itajaí por causa de acidentes de trânsito, todos sem vítimas.

www.diario.com.br   (RBS)

____________________________________________________

Plantão Jornal A Notícia Grupo RBS

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Saúde – Desmoronamento interdita hospital no litoral norte de Santa Catarina


Homem morre atropelado na BR-280 em São Francisco do Sul

Luiz Roberto da Maio foi atingido por van e não resisitiu aos ferimentos
Um homem morreu atropelado no domingo à noite na BR-280, em São Francisco do Sul. Luiz Roberto da Maia, de 36 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Ele foi atropelado por uma van Fiat Ducato com placas de Curitiba (PR). O motorista parou para prestar socorro. O acidente foi no quilômetro 5,9 da rodovia, às 23h30.

_____________________________________________________

Família morta em acidente no Norte de SC é velada

Raul Bento Filho, a mulher e a filha mais nova morreram depois de o carro capotar em vala
Camille Cardoso | camille.cardoso@an.com.br

As três pessoas de uma mesma família de Joinville, que morreram num acidente na estrada de acesso a Itapoá na tarde de domingo, estão sendo velados num cemitério da zona Sul da cidade nesta manhã de segunda-feira. Salete Maria Bento, de 44 anos, Raul João Bento Filho, de 52, e a menina Beatriz, de sete anos, filha do casal, morreram na hora. O carro deles, um Escort, saiu da pista na Estrada Cornelsen, em Itapoá, e capotou para dentro de uma vala. O casal tinha outros três filhos. O enterro está marcado para a tarde.

Segundo a Polícia Militar de Itapoá, um casal que vinha de Guaratuba (PR) parou o carro ao ver as rodas do outro veículo (que estava de ponta-cabeça fora do acostamento, ao lado da estrada). Com a ajuda de outros motoristas, usaram uma corda para descer até a vala. Constataram que os três passageiros estavam inconscientes no interior do Escort e chamaram a polícia. Era por volta de 13h30min de domingo. Ao chegar, a PM verificou que a família estava morta.

A suspeita da Polícia é de que Bento, que dirigia o carro, perdeu a direção ao passar por um trecho alagado da estrada. Os corpos foram enviados no meio da tarde de domingo ao Instituto Médico Legal (IML) de Joinville. A família morava em Joinville, no bairro Itaum. Os parentes das vítimas reconheceram os corpos em Joinville no início da noite.

_____________________________________________________

Desmoronamento interdita hospital no litoral norte de Santa Catarina

Lama e pedras invadiram o Hospital Santa Inês, em Balneário Camboriú
O Hospital Santa Inês, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, foi totalmente interditado na noite de domingo devido aos estragos provocados pela forte chuva. Barro e pedras desmoronaram de uma encosta nos fundos da unidade e invadiram o prédio.

Devido ao risco de novos deslizamentos e de contaminação, pacientes estão sendo transferidos para outras instituições de saúde ou liberados, de acordo com a avaliação dos médicos.

Parte do hospital já tinha sido desativada na semana passada devido aos estragos provocados pela chuva forte nas últimas semanas. Com o temporal de domingo, a situação piorou.

Pacientes que procuraram o hospital nesse período não puderam ser atendidos, entre elas uma mulher grávida, prestes a dar à luz.

Mutirão

Desde a noite de domingo, funcionários trabalham na limpeza e recolhem equipamentos atingidos pela lama. A interdição do prédio foi determinada por uma comissão formada por representantes do município, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

O problema com desmoronamentos teve início ainda em novembro de 2008, quando a chuva forte deslocou terra na encosta nos fundos da unidade.

A Defesa Civil de Santa Catarina deve providenciar a retirada da terra que desceu do morro e a construção de um muro de conteção para impedir novos deslizamentos.

_____________________________________________________
Defesa Civil avalia estragos do tornado na Serra

Tornado destelhou casas e chuva forte provocou alagamentos em lavouras no município
Equipes da Defesa Civil de municípios da Serra avaliam, desde o início da manhã desta segunda-feira, os prejuízos provocados pela passagem de um tornado em Ponte Alta, no domingo.

Ainda nesta segunda, uma equipe da Defesa Civil deve se dirigir à cidade, a 40 quilômetros de Lages. No domingo à tarde, o prefeito de Ponte Alta, Luiz Paulo Farias (PT), decretou situação de emergência devido aos danos provocados pela chuva e o vento forte.

Aproximadamente 500 casas foram atingidas, além de prédios públicos, escolas e igrejas. As aulas foram suspensas nas quatro escolas municipais. Houve o registro de destelhamentos e queda de árvores em diversos pontos do município.

Como o número de locais atingidos foi grande, já faltam materiais para a reconstrução das casas. A prefeitura encaminhou documento à Defesa Civil Estadual em que pede o fornecimento de 4 folhas de amianto (para cobertura das casas), 15 mil telhas, mil metros cúbicos de madeira, 200 quilos de pregos, 4 mil parafusos e 100 cestas-básicas.

A prefeitura está recebendo doações. Mais informações pelo telefone (49) 3248-0141.

Saúde

No começo da manhã, agentes da Defesa Civil do município foram informados do alagamento num Posto de Saúde de Ponte Alta. Equipamentos médicos e eletrônicos foram danificados.

No hospital da Fundação Médico Social Rural de Ponte Alta, o único da cidade, o atendimento foi retomado nas primeiras horas desta segunda-feira. Os 56 leitos da unidade foram atingidos pela chuva e seis pacientes tiveram que ser liberados devido ao risco que corriam dentro do hospital no domingo.

Desabrigados

Ao todo, 80 famílias tiveram de sair de suas casas. Sessenta delas buscaram auxílio na casa de parentes e amigos. Outras 20 estão no salão paroquial da Igreja Matriz do município e no ginásio de esportes.

Duas pessoas ficaram feridas ao serem atingidas por destroços da cobertura de um galpão no qual trabalhavam, mas foram atendidas por médicos e passam bem.

Agricultura

Segundo informações preliminares, a situação é mais complicada na área rural do município, onde lavouras inteiras foram destruídas por alagamentos. As culturas de grãos e hortifrutigranjeiros, responsáveis por 70% da economia da cidade, foram prejudicadas.

_____________________________________________________


Chuva provoca estragos em 14 municípios de SC

Cinco deles oficializaram o registro de prejuízos com o mau tempo junto à Defesa Civil

Pelo menos 14 municípios catarinenses registraram estragos provocados pela chuva forte, vendaval e a queda de granizo entre o domingo e a madrugada desta segunda-feira em Santa Catarina.

Florianópolis, Brusque, Criciúma, Balneário Camboriú e Ponte Alta acionaram a Defesa Civil Estadual (Dedc) e oficializaram a ocorrência de danos provocados pelo mau tempo no período.

Em Ponte Alta, na Serra, cerca de 500 residências foram parcialmente destruídas durante a passagem de um tornado. O fenômeno meteorológico provocou estragos por cerca de 30 minutos na área rural do município, prejudicando o abastecimento de água e luz.

Num relatório preliminar divulgado pela prefeitura de Ponte Alta, 60 pessoas ficaram desabrigadas e outras 20 tiveram de ser deslocadas para casas de parentes ou conhecidos.

Os 56 leitos da Fundação Médico Social Rural de Ponte Alta foram atingidos pela chuva. Seis pacientes que estavam internados no momento do tornado foram liberados, devido ao risco que corriam dentro do hospital

A BR-116 chegou a ficar interrompida durante uma hora no trecho entre Ponte Alta e a BR-470 devido à queda de árvores sobre a pista. Estradas do interior também foram danificadas, e pontes podem estar em risco.

O prefeito da cidade decretou situação de emergência.

Vale do Itajaí

Em Brusque, no Vale do Itajaí, foram registrados alagamentos e deslizamentos de terra em vários pontos do município. Parte das principais rodovias de acesso aos bairros da cidade foram interrompidas ou tiveram o tráfego prejudicado por alagamentos. Pelo menos 20 pessoas estão desabrigadas.

Em Balneário Camboriú, várias ruas foram alagadas.

Em Ituporanga, um temporal destelhou casas e derrubou árvores na manhã de domingo. O vento provocou a queda de postes nos bairros Jardim América e Santo Antônio, interrompendo o abastecimento de energia elétrica até o início da noite.
No Jardim América, casas e ruas foram alagadas.

A SC-302, entre Ituporanga e Rio do Sul, ficou parcialmente interditada por quatro horas devido à queda de árvores na pista.

Em Guabiruba, ruas foram alagadas.

Em Camboriú pelo menos 100 pessoas foram desalojadas devido a alagamentos. As pessoas foram levadas ao Colégio Municipal Ivone Terezinha Garcia, bairro Santa Regina.

Em Itajaí a ligação entre o município e Balneário Camboriú foi comprometida até o início da noite de domingo por causa de alagamentos e deslizamentos de terra. Uma rua no bairro Cabeçudas foi interditada devido ao risco do desmoronamento. Ruas ficaram alagadas no bairro Ariribá. A escola municipal na região também foi atingida.

Sul

Dez bairros de Criciúma  tiveram pontos alagados depois da forte chuva na tarde de domingo. Por volta das 16h, um temporal se formou com muita chuva e vento e durou cerca de 20 minutos. Uma família de seis pessoas está desabrigada.

No Extremo-Sul, as cidades de Turvo, Ermo, Timbé do Sul, Morro Grande e Meleiro, apuram os prejuízos com a chuva de domingo. Cerca de 40 mil pessoas ficaram sem energia elétrica.

A suspeita é que um tornado tenha se formado na região. O vento forte e a chuva destruiu parte das lavouras de milhos e aproximadamente 30 residências, além de derrubar 30 postes da rede de distribuição de energia.

Em Meleiro, há informações de que houve queda de granizo.

Capital

Em Florianópolis, a forte chuva deixou ruas e casas alagadas nos bairros Rio Vermelho, Vargem Pequena, Ingleses e Vargem do Bom Jesus, todos no Norte da Ilha.

Defesa Civil

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193.

A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão para qualquer necessidade. O telefone para contato é o (48) 3244-0600.

_____________________________________________________

Acidente com ônibus e automóvel no meio-oeste de SC deixa um morto e 10 feridos leves

Carro bateu de frente em veículo que seguia para o RS na BR-470, em Campos Novos

Uma pessoa morreu e outras 10 ficaram feridas no choque entre um carro de passeio e um ônibus da empresa Reunidas na BR-470, em Campos Novos, no Meio-Oeste, na madrugada desta segunda-feira.

O ônibus fazia viagem entre Joinville (SC) e Santa Rosa (RS). O choque aconteceu por volta das 2h20min, no km 333,7 da rodovia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do Fiat Uno com placas de Florianópolis, Ivonei Paulo Lopes, de 41 anos, teria invadido a pista contrária e atingido o ônibus que vinha no sentido oposto, numa reta.

O motorista do ônibus, Adelar Ferreira Lopes, 36 anos, e 10 passageiros foram socorridos e levados ao hospital de Campos Novos com ferimentos leves.

No início da manhã, nove pacientes receberam alta. As jovens Luciana Ribeiro e Fabiana De Marco, que tiveram escoriações, seguem internadas. O hospital não divulgou o nome dos demais pacientes.

_____________________________________________________

Concurso Público

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

 

O município de Vidal Ramos estará promovendo Concurso Público no dia 19 de abril de 2009, para provimento de aproximadamente 80 vagas divididas em 24 funções. As inscrições estarão abertas aos interessados no período de 18/02/2009 a 27/03/2009, durante o horário normal de expediente da prefeitura de Vidal Ramos, destacando que, os valores das inscrições variam de R$ 20 à R$ 50 conforme o cargo escolhido para ser disputado entre os candidatos. Entre as diversas vagas oferecidas estão: Ø Operário; Ø Agente de Serviços Gerais II; Ø Motorista; Ø Operador de máquina II; Ø Operário Especializado; Ø Vacinador/Inseminador; Ø Vigia; Ø Agente de Serviços gerais I; Ø Mecânico; Ø Fiscal de Obras/Tributos; Ø Gerente Administrativo; Ø Técnico Agrícola; Ø Técnico em Enfermagem; Ø Técnico em Vigilância de Saúde; Ø Assistente Social; Ø Enfermeiro; Ø Engenheiro Civil; Ø Farmacêutico; Ø Fisioterapeuta; Ø Médico; Ø Psicólogo; Ø Professor Educação Física; Ø Professor Educação Infantil; Ø Professor Séries Iniciais. As provas serão escritas e práticas e acontecerão no dia 19 de abril de 2009, na Escola Padre Heriberto Hartmann, localizada no centro da cidade de Vidal Ramos, com início às 08h30min e término às 11h30min. O Edital completo poderá ser baixado do site www.obv.com.br ou na página oficial da prefeitura: www.prefeituravidalramos.com.br.

Prefeitura de Vidal Ramos SC

___________________________________________________

BR-101 está parcialmente interditada em SC

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Queda de barreiras prejudica o tráfego no Morro do Boi, em Balneário Camboriú

A BR-101, que cruza Santa Catarina pelo Litoral, segue parcialmente interditada no início da manhã desta segunda-feira em Balneário Camboriú, no Litoral Norte.

O tráfego está prejudicado desde o início da noite de domingo nos kms 140 e 142 devido à queda de barreiras provocada pela chuva intensa.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), meia pista foi tomada por barro e pedras em pontos do trecho no Morro do Boi. O trânsito é lento no local.

Com a diminuição da intensidade da chuva entre a noite de domingo e a madrugada de segunda, o trânsito foi normalizado no km 132, que teve o acostamento alagado.

www.diario.com.br (RBS)

___________________________________________________

Chuva deixa cem desabrigados em Camboriú

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Bairro mais atingido foi o Santa Regina

Atualizada às 01h14min

Camboriú, no Litoral Norte, é mais um município catarinense que teve prejuízos com o mau tempo deste domingo. A chuva de aproximadamente 30 minutos foi suficiente para deixar ruas e avenidas alagadas no início da noite. Segundo a Defesa Civil, cem pessoas estão desabrigadas.

A maioria das pessoas que tiveram de sair de casa foi levada para o Colégio Municipal Ivone Terezinha Garcia, no Bairro Santa Regina, onde recebem apoio da prefeitura. O bairro foi o mais atingido, principalmente as ruas Bagdá e Quito.

Mais prejuízo na região

As cidades vizinhas de Itajaí e Balneário Camboriú também tiveram problemas com a chuva. O acesso entre as cidades ficou comprometido até as 22h por causa de alagamentos e deslizamentos de terra.

Em Itajaí, uma rua do Bairro Cabeçudas teve de ser interditada devido ao risco de deslizamentos. No Bairro Ariribá, várias vias ficaram alagadas, e a escola municipal que leva o nome do bairro foi inundada com 40 centímetros de água.

A prefeitura marcou uma reunião às 6h30min desta segunda-feira com as empresas que prestam serviço ao governo de Itajaí para avaliar os estragos e estudar soluções. Em Balneário Camboriú, várias ruas ficaram alagadas.

www.diario.com.br (RBS)

___________________________________________________

 

Manchetes dos jornais do Grupo RBS

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Zero Hora
Safra de boas novas no campo

Diário Gaúcho
Passeio em lagoa acaba em tragédia

Pioneiro
HABITAÇÃO
Caixa quer financiar R$ 300 milhões

Diário de Santa Maria
O que a UFSM oferece
para seus novos alunos

Jornal de Santa Catarina
X da Educação
Escolas encaram desafio
de aperfeiçoar a leitura

Hora de Santa Catarina
92 dias de decepção
(sobre trajetória do Figueira depois do rebaixamento)

Diário Catarinense
Chuva causa estragos
em cinco regiões de SC

A Notícia
JOINVILLE 158 ANOS
Caras, símbolos, números e história

Agência RBS

___________________________________________________

Temporal causa prejuízos em Ituporanga

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Moradores ficaram sem luz do final da manhã ao início da noite

Um temporal de meia hora por volta das 10h30min deste domingo deixou centenas de casas destelhadas e árvores destruídas em Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. Com o temporal também houve queda de fiação elétrica e postes nos bairros Jardim América e Santo Antônio.

Os moradores ficaram sem luz até o início da noite. O Bairro Jardim América também teve ruas e algumas casas alagadas.

Com árvores caídas na pista, a rodovia SC-302, que liga o Alto Vale a Florianópolis, ficou com meia pista interditada por quatro horas. Em Guabiruba, no Médio Vale, ruas foram alagadas.

O prefeito da cidade, Osni Francisco de Fragas, se reunirá na manhã desta segunda-feira com assessores e técnicos do setor de planejamento para avaliar a situação.

www.diario.com.br (RBS)

___________________________________________________

Prefeitura de Ponte Alta solicita decreto de situação de emergência por causa de tornado

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

www.diario.com.br (RBS)

Até o fim da tarde, 60 famílias estavam desabrigadas na cidade da Serra Catarinense

A prefeitura de Ponte Alta, na Serra Catarinense, solicitou à Defesa Civil estadual o decreto de situação de emergência por causa do tornado que atingiu o município por volta das 10h deste domingo. Ponte Alta fica a 40 quilômetros de Lages.

De acordo com um primeiro levantamento da prefeitura, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, aproximadamente 500 casas foram atingidas de alguma forma, bem como metade dos imóveis públicos, como escolas, e das igrejas.

As aulas desta segunda-feira foram suspensas nas quatro instituições de ensino municipais.

Até o fim da tarde, 60 famílias estavam desabrigadas. Outras 20 ficaram desalojadas e seriam encaminhadas ao salão paroquial da Igreja Matriz e ao Ginásio de Esportes.

Duas pessoas ficaram feridas ao serem atingidas por destroços da cobertura de um galpão no qual trabalhavam, mas foram atendidas por médicos e passam bem.

Todos os cerca de 5 mil moradores ficaram sem água potável e energia elétrica até o fim da tarde, quando 70% das casas ainda estavam no escuro. A agricultura, que responde por 70% da economia do município, também está comprometida, pois muitas lavouras de feijão, milho, soja, alho e hortifrutigranjeiros foram destruídas.

Os 56 leitos da Fundação Médico Social Rural de Ponte Alta ficaram molhados, e seis pacientes que estavam internados no momento do tornado foram liberados pelo risco que corriam dentro do hospital.

A BR-116 chegou a ficar interrompida durante uma hora no trecho entre Ponte Alta e a BR-470 devido à queda de árvores sobre a pista. Estradas do interior também foram danificadas, e pontes podem estar em risco.

Pelo menos 20 homens do Corpo de Bombeiros e da prefeitura de Lages foram a Ponte Alta prestar auxílio.

Ao solicitar situação de emergência, o prefeito Luiz Paulo Farias (PT) espera contar com recursos dos governos estadual e federal para reconstruir a cidade. Ainda não há estimativa de qual o prejuízo total. A prioridade é disponibilizar lonas, telhas e folhas de amianto aos moradores para que cubram suas casas.

Ainda neste domingo começaram a ser distribuídas lonas e água potável. O prefeito deve providenciar a obtenção de alimentos junto à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para oferecê-los às famílias desalojadas.

Quem quiser fazer doações de água potável, alimentos, telhas, folhas de amianto, colchões e roupas de cama pode ligar para a prefeitura de Ponte Alta no telefone                (49) 3248-0141        , com Nilcéia.

Fenômeno recorrente

Os tornados tornaram-se frequentes na Serra Catarinense. Em 20 de junho do ano passado, o município de Correia Pinto, vizinho a Ponte Alta, havia ficado em situação de emergência por conta de um tornado, que provocou estragos em alguns bairros.

Em 12 de agosto, outro tornado atingiu o interior de Lages e quebrou muitas árvores, mas sem danos materiais. A mesma situação voltou a ocorrer em 31 de dezembro, no interior de Urupema.

Desta vez, o fenômeno durou 15 minutos, veio acompanhado de chuva de granizo e tinha ventos fortes em movimentos circulares, que quebraram centenas de árvores ao meio.

Por esses aspectos, o meteorologista Glauco Freitas, da Central RBS de Meteorologia, confirma o tornado. Alguns moradores ainda alegam terem visto uma tromba d’água descer do céu e encostar o solo.

www.diario.com.br (RBS)

___________________________________________________

Fim de semana tem 14 mortes em acidentes

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

www.diario.com.br  (RBS)

Na tarde de domingo, três pessoas da mesma família morreram após capotamento

Até a noite deste domingo, 14 pessoas morreram em acidentes de trânsito no fim de semana de Santa Catarina.

O último acidente com morte aconteceu nesta noite, quando o contêiner de um caminhão atingiu um carro na BR-470, em Indaial, Vale do Itajaí. Outras mortes ainda podem ser confirmadas nesse acidente.

À tarde, em Itapoá, no Norte do Estado, três pessoas de uma família perderam a vida após o carro capotar e cair em uma valeta.

Raul João Bento Filho, 53 anos, Salete Maria Bento, 44 anos, e Beatriz Bento, sete anos, teriam morrido afogados na valeta de cerca de dois metros de profundidade, às margens da estrada de acesso a Itapoá, às 14h deste domingo.

Os três estavam em um carro Escort, com placas de Guaramirim, e iam em direção a Joinville. A suspeita é de que o motorista tenha perdido o controle do carro ao passar por um trecho alagado.

Das outras 10 mortes, quatro foram por atropelamento. Na madrugada de domingo, em Palhoça, na Grande Florianópolis, Genésio Aprísio de Pinho, 62 anos, morreu ao ser atingido por um carro cujo motorista estava embriagado.

Segundo a Polícia Militar, Pinho andava de bicicleta pelo Bairro Rio Grando quando, por volta das 5h, foi atropelado por um Ômega, com placas de Biguaçu. O teste do bafômetro comprovou que o motorista Daniel Domingos da Silva, 37 anos, estava embriagado. Ele foi encaminhado à Delegacia de Palhoça.

No sábado, em Monte Castelo, no Planalto Norte, José Evandro Moraes Tibes, 29 anos, morreu ao ser atingido por um caminhão, na BR-116, às 19h. Na mesma noite, um homem de 50 anos que andava de bicicleta morreu atropelado por um ônibus de turismo, no Centro de Balneário Camboriú, no Litoral Norte.

Em Catanduvas, no Meio-Oeste, Nelson Medeiros da Luz, 36 anos, morreu atropelado na SC-454 por um Voyage, com placas de Herval D’Oeste. O motoristas fugiu.

www.diario.com.br  (RBS)

___________________________________________________

Contêiner cai sobre carro e mata uma pessoa em Santa Catarina

Postado em março 9th, 2009 por Blumenópolis SC – Comentários desativados | Sem categoria |

Acidente aconteceu na BR-470 em Indaial, Vale do Itajaí

Atualizada em 09/03/2009 às 00h10min

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou uma morte no acidente do início da noite deste domingo no km 65 da BR-470 em Indaial, Vale do Itajaí, Santa Catarina. Após uma batida, o contêiner carregado por uma carreta de Itajaí caiu sobre um Siena azul com placas de Rio do Sul.

De acordo com testemunhas, a carreta, conduzida por Luciano Amaral, teria perdido o controle em uma descida com curva, e o caminhão formado um “L” no meio da rodovia.

O Siena, conduzido por Hélio Luchemberg, natural de Ituporanga, vinha no sentido contrário (Blumenau-Indaial) e teria sido arrastado pelo caminhão desgovernado.

O caminhão e o carro foram parar em um barranco às margens da rodovia. O carro foi esmagado pelo contêiner carregado com 30 toneladas de frango.

Luchemberg morreu no local de afundamento do tórax, de acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Blumenau.

O motorista do caminhão foi encaminhado ao Hospital Beatriz Ramos em Indaial com suspeita de fratura na coluna. Houve congestionamento nos dois lados da rodovia e filas de mais de seis quilômetros.

www.santa.com.br  (RBS)

___________________________________________________